Presa num sonho

image

Oi meus amores! Peço desculpas por tudo, mas já estou me redimindo, haha. Essa “weeks” – pra quem não sabe, toda semana tem um assunto diferente e variados posts falando do mesmo. – vamos falar sobre… VIDA!
O mais assunto clichê e piegas, como muitos dizem. Mas calma lá, você já analisou e percebeu o quão sortuda você é? Se não, irá agora!
Vem ler comigo essa reflexão!

Quem nunca pensou estar presa num sonho? De viver contos de fadas ou na vida perfeita. Bom, todo mundo já.
Mas não é errado sonhar com algo, muito menos querer!
O que eu quero que vocês reflitam, se todos nós estivermos numa espécie de coma, e tudo que vivemos até agora não passou de ilusões? Vamos acordar num mundo perfeito, onde todos os sonhos são realizados, assim num passe de mágica: puft! Qual seria a experiência que contariamos para nossos filhos e netos? Contra uma coisa que eles foram ensinados desde pequenos: peça e se realizar. Não fica tudo muito chato? Cadê a aventura, a ação, as dores, as lutas, cadê? Não haveria razão. Nossa, é muito ruim de imaginar.
E consequentemente, não haveria o quê? Se você disse contos de fadas acertou! Mas… Por quê? Porque se sua vida já é perfeita, não precisa lutar, e que conto de fadas têm um outro dentro dele? Todos os finais felizes foram à base de trabalho e fé.
A Bela e a Fera por exemplo, se eu não me engano a história se passa nos meados do século 17, 18, e narra a história que ela era uma camponesa, filha de um senhor comerciante, que por um acaso trombou com um príncipe – que havia sido enfeitiçado num baile. Sabemos que ele se escondeu numa torre e voltando o assunto, o príncipe o levou para o castelo e Bela indo visitar o pai, conquistou o coração enfeitiçado do Príncipe. O resto da história todo mundo sabe, então vamos levar para o lado real (e atual) da história.
Ela era uma estudante de Biologia, e ele empresário, conhecido por todos com a reputação de Fera, porque após seu casamento estragado, onde sua ex jogou um balde de água fria nele, fugindo com outro, a água penetrou em sua alma e congelou toda sua alma, levando junto o coração, provocando assim a frieza dos dias atuais.
O pai dela era um dos gerentes das filiais do Fera, e acabou comentando da filha que fazia o ultimo semestre de Biologia, com chefe, que estava precisando de alguém pra inovar os conceitos da empresa. De cara ela se apaixonou, e para fazer virar o jogo ela teria que lutar muito. Com o tempo ela virou um Sol de primavera para ele, que ao diferente do Verão que queima, marca e prejudica, ele aconchega e esquenta. E isso em si é o conto de fadas. Não precisa ter realeza para ser inspirador, precisa ser real.
E todos eles tem lutas, como seria chato se o personagem não guerreasse pelo amor da personagem.
E aí, a vida ideal é chata né? Vai preferir continuar sonhando ou vai querer acordar?

Quero ouvir a opinião de vocês, comentem aí!
Beijos da Lari.

Anúncios

Um comentário sobre “Presa num sonho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s