Weeks

Semana Íntima: Cuidados Necessários! #01

                                 Segunda sua – peste – Linda!tumblr_n2ghmaQS4u1qi2w1do1_500 (1).gif

Olá peoples, como estão?

Antes de começar, vou dar um aviso super importante.

Dezembro chegou cheio de novidades! E toda semana vai ter um post dedicado à somente UM  assunto. Não, não será uma semana só falando de uma coisa. Vai ter um cantinho especial que se chamará ‘Weeks’ – semanas, na tradução livre. – E eu vou me dedicar mais à Semanas, mas não deixarei de fazer um ou outro post diversificado, okay?


 Hoje eu vou falar sobre cuidados íntimos, que muitas esquecem, ou não sabem. Todas nós precisamos saber dessas dicas aqui.

O dia-a-dia da mulher brasileira não é fácil, e muito menos parado. E a gente sempre apela pros produtos químicos como: desodorante íntimo. A vagina é uma porta aberta pra doenças, e mesmo você sendo virgem, pode contrair AIDS ou DST, por meio de descuidos bobos!

01- Dormir com sutiã:  Um delito gravíssimo é dormir com topper ou sutiã. Por que? Os seios NÃO podem ficar muito tempo (como 48 ou 24 horas) sem ventilação. Eles são cheios de poros minúsculos e usar sutiã com o um tempo prorrogado pode gerar ácaros e bactérias, que se em contato com o seio, podem causar doenças graves como: câncer de mama e problemas futuros com amamentação. (Ou presente.) Além daquela coceira insuportável, que se coçar dá estrias! Imagina o prejuízo, gente!?

02- Emprestar calcinha ou biquíni: Quem nunca já passou por uma situação de ir pra praia e sem querer esquecer o bendito biquíni e precisar usar o da amiga emprestado? Que isso não se repita. Calcinha e biquíni são de uso individual. Não se preocupe com o que vão falar de você, caso não empreste a peça; o motivo é que ela está em contato direto com a secreção vaginal, e com isso as chances de contaminação pode ser maior. Como eu disse, é muito fácil você pegar uma DST ou HPV sem sequer ter transado.

03- Se livre de calcinhas velhas!: Aprenda a dar adeus a vovózinhas do seu guarda roupa. SEM CONTRARIAÇÃO AQUI! (Risos) Se ela te aperta, ou tá com rasgadinho sequer, jogue-a fora. Pois esse incômodo só servirá para o aparecimento de assaduras e pior… uma infecção! Ninguém quer isso né? Então, faz que nem a OLX desapega! E não hesite em repetir as mesmas regras com o sutiã.

04- Em hipótese alguma, use uma calcinha suja!: Mesmo que você não tenha outra calcinha disponível, não é a melhor opção usar a que você já estava utilizando. O suor e as secreções podem contribuir MUITO para a proliferação de micro-organismos. Isso não significa que você vai andar sem calcinha, okay!? Isso piora a situação, pois entra em contato com a roupa, que mais exposta ao vento.

Então o certo é sempre andar com um absorvente extra na bolsa ou um protetor mesmo.

05 – Banheiro não é lugar para calcinha secar!: Não é muito legal deixar a calcinha secando no banheiro, pois é um lugar úmido e mais propicio para contaminação com fungos, ácaros e bactérias!

É sempre bom lavar com sabão de coco ou neutro, pois são anti-bactericídas, e é aconselhável lavar à mão mesmo, por que na maquina entra com mais produtos químicos. E as melhores calcinhas são de algodão e microfibra, por que não retém – tanto – o suor e a secreção, evitando o acumulo de sujeira.

06- Certifique-se dos produtos que você compra!: Antes de comprar, averigue o tipo de produto que está prestes a adquirir.
As melhores calcinhas são feitas de microfibra ou algodão. “Tais materiais concedem a troca de calor, impedindo, assim, a acumulação de umidade na vagina”, disse a ginecologista Celia Regina da Silva. Assim, o acúmulo de fungos é reduzido significativamente.

07- Vá sempre ao/a Ginecologista: Ir fazer uma consulta é sempre ótimo. A internet é um modo vasto de retirar dúvidas, mas você também sempre acha uma ou outra.

Ir a gine é super legal e TÊM que ir com frequência.

Muitas tem vergonha, eu sei. Não é fácil. Como se fosse a coisa mais natural do mundo, abrir as pernas para uma estranha. Faça uma lista com sua mãe, olhe em sites, veja comentários, e vá onde se sentir bem, pois é uma parte muito delicada, que falamos. E o segredo de perder a vergonha, é só ir conversando e se desprendendo daquele medo “ela vai ver minha vagina” “será que ela é feia?” “ela vai contar pra outras pessoas como ela é?” Relaxem e respire, não dói nada. É só questão de confiança, e larga e esse tabu de lado, ok? As consultas são restritamente proibidas de serem faladas ou gravadas.  Se você tem abaixo de 15 anos, é bom você ir com a sua mãe/responsável que você se sinta À vontade, mas se você for tímida mesmo, peça que espere do lado de fora. Pois vai ser só você e ela.

E eu acho que é isso, meninas! Qualquer coisa, me mandem um email se quiserem retirar dúvidas ou falar se está faltando algo.

Beijos, até o próximo post.

Lari xx.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s